Começou nesta terça-feira (31) a entrega de cestas básicas para famílias de estudantes matriculados em escolas municipais de Belo Horizonte, inclusive creches parceiras da prefeitura. A estimativa é que 142 mil famílias recebam as cestas até o início da próxima semana e o benefício será mantido mensalmente enquanto as aulas estiverem suspensas. 

A medida, que demanda R$ 9,5 milhões, será custeada com os Recursos Ordinários do Tesouro Municipal (ROT). Nessa segunda, a prefeitura disponibilizou uma plataforma em sua página para organizar a entrega das cestas. 

Desta forma, o responsável legal pela matrícula deve acessar este link para consultar as informações de retirada do produto, como endereço da loja, dia e horário. A consulta ao sistema será feita usando o nome e o CPF do responsável. Caso ele responda por mais de uma criança matriculada, deve informar a data de nascimento da mais nova. Só é possível retirar a cesta após este procedimento e, na loja designada, o responsável deve, ainda, apresentar RG com CPF (ou outro documento oficial com foto e CPF) e assinar um recibo.  

Leia mais:
Saiba como proteger as crianças durante pandemia de Covid-19
Coronavírus: Kalil estuda endurecer isolamento e criminalizar desobediência
Farmácia de Minas tem horário de funcionamento reduzido em BH; confira