Um homem de 45 anos conhecido como Alemão e apontado como chefe do tráfico de drogas no bairro Durval de Barros, em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi morto a tiros na tarde deste domingo (15). Um dos suspeitos do crime seria tesoureiro dele.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava com um amigo na avenida Marechal Hermes, próxima ao número 100, quando foi cercada por dois homens, que começaram a atirar.

Ele foi socorrido por pessoas que estavam próximas ao local e foi levado para o Hospital Santa Rita, em Contagem, na Grande BH. O homem chegou com parada cardíaca e não resistiu aos ferimentos. 

De acordo com a PM, recentemente, Alemão teria se desentendido com um dos suspeitos do homicídio, de 51 anos, que seria o tesoureiro da organização criminosa que comandava. Desde então, estaria recebendo ameaças. O outro suspeito seria um jovem de 25 anos.

Testemunhas disseram à polícia que os suspeitos fugiram em Hyundai preto, que dava cobertura aos autores do crime. Os militares fizeram buscas pela dupla, mas até agora ninguém foi preso.

Ainda conforme os militares, a vítima comandava o tráfico de drogas no bairro Durval de Barros e a gangue dele teria ramificações em Belo Horizonte, Contagem e Betim.