Mais uma morte por dengue em Belo Horizonte foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com balanço semanal divulgado nesta sexta-feira (6), a cidade registra, em 2019, 33 óbitos pela doença, sendo que a última delas aconteceu em agosto.

A pasta informou também que 25 das 33 mortes ocorreram em pacientes que já tinham outras doenças que contribuíram para complicações.

Até o momento, foram confirmados 116.294 casos de dengue na capital, sendo que 96% das ocorrências foram registradas entre março e junho. Há 996 casos pendentes de resultados e outros 22.078 foram investigados e descartados.

Veja os números do último balanço:

tabela dengue

Embora a maioria dos casos tenha sido registrada no período do outono, o perigo da dengue continua a rondar Belo Horizonte. A população pode contribuir denunciando os locais que estejam acumulando água, ambiente favorável para proliferação do mosquito. A Zoonoses recebe denúncias e pedidos de vistoria dos possíveis focos do mosquito, pelo telefone 156 (Central de Relacionamento Telefônico – BH Resolve) ou pelo Sistema de Atendimento ao Cidadão – SACWEB (www.pbh.gov.br/sac), de acordo com a secretaria. É importante que o cidadão informe o endereço completo ou referência de imóveis vizinhos para direcionar as equipes.