Um avião fretado pelo governo dos Estados Unidos com brasileiros a bordo aterrissou no aeroporto de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, por volta das 23h40 desta sexta-feira (7). Segundo o Itamaraty, 130 brasileiros estavam no voo.

O governo do presidente Jair Bolsonaro tem facilitado a deportação de cidadãos que vivem irregularmente nos EUA, o que representa uma mudança em relação à política de governos anteriores.

Este é o terceiro voo de deportados autorizado pelo governo brasileiro. Em outubro de 2019 chegou a Belo Horizonte um primeiro voo, com cerca de 70 pessoas. Foi a retomada de uma medida que não era aceita pelo Brasil desde 2006, quando o último voo com pessoas que tentaram entrar irregularmente no país norte-americano chegou também a Minas Gerais. O segundo avião aterrissou em janeiro deste ano,  com dezenas de brasileiros.

A Polícia Federal informou que realizou os procedimentos de controle migratório e não constatou nenhuma ilegalidade conexa à migração dos deportados e segue investigando casos suspeitos.

O número de imigrantes brasileiros detidos ao tentar atravessar a fronteira dos EUA aumentou mais de dez vezes em um ano e chegou a 18 mil casos em 2019. Segundo dados divulgados pelo Serviço de Alfândega e Proteção das Fronteiras (CBP, na sigla em inglês), esse é o recorde desde 2007 e representa um aumento de 600% em relação ao pico registrado desde então, de 3.252 pessoas, em 2016.