O temporal que atingiu Belo Horizonte, na tarde deste domingo (17), provocou diversas ocorrências. Houve registro de carros arrastados, alagamentos de vias, inundações de casas e interdições de trechos das avenidas Vilarinho e Bernardo Vasconcelos. Mais cedo, a Defesa Civil já havia alertado sobre a forte chuva.

De acordo o Corpo de Bombeiros, no bairro São João Batista, na região Norte de BH, um carro com três pessoas foi arrastado na avenida 12 de Outubro. Já na avenida Sebastião de Brito, no bairro Dona Clara, na Pampulha, outro veículo foi levado pela força d'água com dois passageiros. 

No beco São Sebastião, no bairro Vila Marçola, no aglomerado da Serra, região Centro-Sul da cidade, uma inundação em barracão deixou dois adultos e duas crianças presas em casa. 

Outro chamado informou sobre vários automóveis arrastados na avenida Vilarinho, em Venda Nova. A via foi interditada próximo ao Shopping Estação. Vídeos também mostraram que a avenida Bernardo Vasconcelos foi tomada pela água.

Apesar do susto, a tempestade não deixou feridos. Segundo os bombeiros, a água baixou em todos os locais e não foi necessário a atuação dos militares.

Aviso

A Defesa Civil alertou, nesta tarde, sobre o risco de transbordamento em Venda Nova e indicou que seja evitado o trânsito pelas praças Maria Vilas Boas e Geraldo de Araújo e Silva, ruas Batistina de Andrade, Luzia Salomão (no cruzamento com rua Afonso M. Filho e avenida Maria Vieira Barbosa, no bairro Mantiqueira. 

Por volta das 17h, a BHTrans utilizou o Twitter para pedir aos motoristas que não trafeguem pela avenida Bernardo Vasconcelos, no bairro Cachoeirinha, na região Noroeste da capital, por motivo de chuva forte e alagamento. 

Na rua Alberto Cintra, conhecida pela aglomeração de bares e restaurantes, a água também transborda na via. Uma foto, enviada por um leitor do Hoje em Dia, mostra a dificuldade de tráfego no bairro União, na região Nordeste da cidade. 

Chuva forte

O alerta da Defesa Civil para a chuva, com quantidade de 20 a 40 mm, acompanhada de raios e rajadas de vento (em torno de 50 km/h), vale até as 8h desta segunda-feira (18).

Leia mais:
Chuva adia início de 'clássico dos invictos' entre Coelho e Cruzeiro
Sem tempo ruim: blocos e ensaios resistem à chuva no 1º domingo de Carnaval em BH