A forte chuva que cai em Belo Horizonte e Região Metropolitana da tarde desta quinta-feira (25) elevou o nível de diversos córregos da capital mineira. A situação ficou mais crítica, segundo a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) no rio Arrudas, na altura do bairro Betânia, região Oeste de BH.

O órgão emitiu alerta informando sobre o risco de transbordamento do ribeirão. Por isso, os motoristas foram orientados a evitar passar pela avenida Tereza Cristina. Porém, horas depois, o risco foi afastado com a dimuição do temporal.

Além do rio Arrudas, o nível do Córrego Gorduras, na altura da  rua dos Limões, bairro Maria Goretti, também subiu. Ainda segudo a Comdec, ainda que as pancadas de chuva tenham diminuído e há tendência de declíno dos níveis dos córregos, o motorista deve evitar as regiões.

Granizo

Há ainda risco de granizo nas regionais Oeste e Venda Nova nos próximos 30 minutos, especialmente nos bairros Gameleira, Vilas Mariquinhas e  Zilah Spósito. Chove fraco nas demais regionais.

As regionais do Barreiro, Oeste e Centro-Sul de Belo Horizonte são as princiais regiões atingidas pela forte chuva. Segundo o Tempo Clima há ainda previsão de aumento de descargas elétricas e ventos com velocidade de 50 KM/h, especialmente na região do Betânia e de Betim.

Segundo a Defesa Civil de Belo Horizonte pedestres, moradores e motoristas devem ficam atentos com as pancadas de chuva até às 20 horas. Apesar das pancadas de chuva, o calor permance e a temperatura oscila entre 32 e 18 graus.

Acidentes

Durante a chuva, uma carreta tombou no Anel Rodoviário, na altura do bairro São Paulo, região Nordeste de BH. O motorista do veículo não se feriu, mas o trânsito na região é lento. A faixa no sentido Vitória está interditada.

Na avenida Carandaí, no bairro Santa Efigênia, uma árvore caiu sobre um carro e prejudica todo o trânsito na região. Um ônibus com defeito na avenida Brasil, próximo ao Colégio Arnaldo também provoca congestionamento.

Transtornos

Segundo a assessoria de imprensa da Cemig, por causa da chuva, ventos e raios vários clientes em Belo Horizonte ficaram sem energia. No entanto, a região Leste, especialmente os moradores do bairro Santa Efigênia, foram os mais prejudicados pelo temporal.

Por lá, cerca de 4 mil clientes ficaram sem energia por mais de uma hora. A situação foi completamente restabelecida há poucos minutos. De acordo com leitores do Hoje em Dia, ainda chove em bairros como Jardim América, Tirol, Carlos Prates e Buritis.

Atualizada às 20h59