Após 20 dias com a umidade relativa do ar abaixo do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a qualidade do ar volta a ser considerada excelente após registro de 90%. A medida foi constatada na quarta-feira (28) e, nesta quinta-feira (29), se mantém acima dessa meta, com 67%, mas deve cair para 60% à tarde. A umidade chegou a atingir 12% no dia 22 de outubro, um índice muito abaixo do recomenddo.

Apesar da queda na qualidade do ar, a umidade de voltar a subir com a chegada de uma frente fria na região Sul de Minas, no domingo, que caminha ainda para a capital mineira e Grande BH. Essa massa de ar deve ocupar a região na segunda ou terça-feira.

As informações são da meteorologista Natália Cantuária, do Centro de Climatologia Tempo Clima/PUC Minas.

Chuva

A previsão para praticamente todo o Estado é de chuva, principalmente na região Norte, Vale do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce. Na Zona da Mata, Sul, região Central e Grande BH o céu se mantém encoberto com possibilidade de chuvas isoladas.

Até domingo, a previsao é que a intensidade de chuva diminuia na Grande BH e ocorra bem localizada. A partir de segunda-feira, por conta da massa de ar fria que se aproxima, a chuva deve vir com mais força, e deve ainda aumentar durante a terça-feira, quando deve ocorrer um maior volume de precipitação. Motoristas devem redobrar a atenção no retorno do feriado.

Temperatura

Depois dos termômetros da capital baterem recordes com 37ºC e 34ºC, a temperatura tem se mantido mais agradável. Para esta quinta-feira a previsão é que a máxima fique em torno de 29ºC. A mínima registrada foi de 18ºC.

O céu permanece encoberto no início da tarde, e o sol deve surgir, ainda que timidamente, por volta das 15 horas. Para os próximos dias os termômetros devem oscilar entre 30ºC e 32ºC , a máxima e torna a cair a partir do dia 2 de novembro, com a frente fria, para quando também estão previstas novas rajadas de vento.