No meio do caos, a ajuda dos vizinhos fez toda a diferença. Que o diga quem passou por maus momentos na Vila Barraginha, em Contagem (Grande BH).

vila barraginha
Mais conhecido como “seu Dico” e como herói da comunidade por duas vezes

É lá que vive Raimundo de Sousa, o “seu Dico”, agora também conhecido como o herói da comunidade. Apesar do risco por conta das fortes chuvas na região, o montador de elevadores teve sensibilidade e coragem para socorrer quem mora ao lado. E de novo!

Há quase 28 anos, seu Dico ajudou a desenterrar os amigos que morreram após um deslizamento de terra na ocupação, ocorrido durante uma tempestade. No último domingo, foi fundamental no resgate de uma deficiente física e de um idoso ilhados dentro de um barracão. “Quando a tempestade caiu e começou a alagar todos os imóveis, lembrei do que aconteceu em 1992. Passou um filme pela minha cabeça e só pedia para que aquela tragédia não voltasse a acontecer”, relatou o homem, hoje aos 54 anos.

Os estragos da mais recente enchente, na opinião de seu Dico, só não foram piores porque o dia estava claro. “Se tivesse sido à noite, muita gente não teria sido salva. É triste conviver com esse medo da chuva”, avaliou.

O trauma também nunca sairá da memória da auxiliar de limpeza Raquel Ferreira, de 33 anos. Ainda abalada e chorosa, ela diz que os filhos estão vivos por milagre. “Meus quatro meninos e quatro sobrinhos, todos pequenos, ficaram presos dentro de casa. E a água só subindo. Tive que quebrar a parede na marra, e as crianças só não morreram porque uns policiais usaram uma caixa d’água no resgate”, relembra. 

No imóvel que a mulher divide com a mãe não sobrou quase nada. “É desesperador todo esse sofrimento. Via as crianças submersas e minha mãe passando mal. Só pensava em salvar meus filhos e sobrinhos. Agora é tentar seguir com a vida após esse choque”.

Assista abaixo o relato de Raquel e de outros moradores da Vila Barraginha:

Telhado

As chuvas que persistem na Grande BH provocaram, nesta segunda-feira, o desabamento do telhado de uma casa no bairro Oitis. Três pessoas ficaram feridas, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Mais uma vez, vizinhos evitaram o pior ao ajudar a tirar as vítimas dos escombros antes de os Bombeiros chegarem ao local.