Acusado de atear fogo na ex-companheira, um homem foi condenado nesta quarta-feira (22) a 14 anos e 5 meses prisão em regime fechado. A sentença foi expedida pela juíza Marixa Rodrigues e o julgamento foi realizado no âmbito da 11ª Semana da Justiça pela Paz em Casa.

De acordo com a denúncia, o condenado teria ateado fogo em sua companheira depois de uma discussão por assuntos relacionados à vida conjugal. Ambos estavam sob influência de álcool durante as discussões. A juíza considerou em sua sentença o fato de o acusado ter utilizado meio cruel - o fogo - para cometer o crime. Ela também sentenciou que ele permaneça preso durante a fase de recurso.

Semana da Justiça pela Paz em Casa

Desde segunda-feira (20), o Tribunal de Justiça de Minas Gerais tem participado da 11ª Semana da Justiça pela Paz em Casa realizando mutirões de julgamentos de casos relacionados à violência doméstica. A campanha é uma iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e está sendo realizada em todo o país.

Até então, quatro homens foram condenados por tentativas e por feminicídios consumados e outro deve ser julgado nesta quinta-feira (23), último dia de trabalhos pela campanha.

Leia mais:
Crimes contra a mulher é tema da Semana da Justiça pela Paz em Casa, lançada em BH
Homem é condenado a 11 anos de prisão depois de tentar matar ex a facadas