Uma frente fria vinda do Sul do Brasil pode provocar chuva e esfriar ainda mais o tempo em Belo Horizonte a partir deste domingo (4), o primeiro do mês de agosto. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o sistema oceânico deve elevar um pouco a umidade do ar na capital, que tem registrado índices abaixo de 30% desde o início de julho.

Segundo a meteorologista do Inmet Anete Fernandes, ainda é cedo para cravar a ocorrência de precipitações e baixas temperaturas, mas a tendência é de que a frente fria avance rápido. Ela deve chegar ao Sul do país na quarta-feira (31), ao Sul de Minas no sábado (3) e, em BH, na Zona da Mata e no Vale do Rio Doce, no domingo. "Por ser oceânica, a massa vem fria e úmida e pode causar precipitações no Estado. Depois dela, vem uma massa de ar frio continental que pode atingir as regiões Oeste e Centro-Sul de Minas, mas ainda é cedo para prevermos as temperaturas e volumes de chuva", detalhou a especialista.

Este sistema responsável por derrubar as temperaturas, se chegar à capital, será o terceiro no Estado desde o início de julho. Conforme Anete, ele deve ser parecido com o primeiro, com a diferença de que o que passou foi inteiro de massa oceânica e o que está para vir terá massa fria continental, o que intensifica os efeitos.

Para o decorrer da semana, a expectativa é de que a grande amplitude térmica continue, com temperaturas mais baixas durante a noite, madrugada e início da manhã e mais elevadas à tarde. A umidade relativa do ar também deve ficar abaixo de 30%, principalmente nas regiões Noroeste, Norte e no Triângulo Mineiro. Para esta segunda-feira (29), a Defesa Civil já emitiu um alerta para baixa umidade válido até 18h de quarta-feira. O órgão recomendou alguns cuidados, confira:

- Hidrate-se durante o dia;

- Prefira alimentos leves e frescos, como saladas, frutas, carnes grelhadas;

- Evite frituras;

- Durma em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, ou ainda coloque uma bacia com água;

- Evite atividades físicas ao ar livre e exposição ao sol entre as 10 e 17 horas;

- Evite banhos com água muito quente, pois ressecam ainda mais a pele; se necessário use hidratante;

- Em caso de problemas respiratórios procure um especialista;

- Em caso de incêndio em mata ou floresta, avise imediatamente, ao Corpo de Bombeiros (193), Defesa Civil (199) ou Polícia Militar (190).