Bancos e um shopping são depredados em BH em manifestação contra a PEC do teto

Ana Cláudia Ulhôa
aulhoa@hojeemdia.com.br
13/12/2016 às 22:52.
Atualizado em 15/11/2021 às 22:04

As manifestações contra a aprovação no Senado da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 55, que prevê um teto para os gastos públicos, acabou com confusão em Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), vários bancos e um shopping da região central foram depredados.

De acordo com o capitão Santiago, da PM, por volta das 16h30 a polícia notou manifestantes usando máscaras e escudos artesanais. Quando estava próximo ao Banco Central, um grupo tentou invadir o local, mas os agentes que faziam a segurança da insituição impediram o ato.

Diante da tentativa frustrada, algumas pessoas desceram para o Centro da cidade e começaram atos de vandalismo. Conforme o capitão, as agências dos bancos Mercantil do Brasil, Citibank, Bradesco e BPV tiveram seus vidros quebrados por pedras e coquetéis molotov. O shopping Diamond Mall também foi pichado.

Santiago relatou que pedras foram jogadas contra a PM, que revidou com gás lacrimogêneo. “A polícia agiu com muita cautela e técnicas de progressão, exatamente para garantir a integridade das outras pessoas que não estavam em atos de vandalismo”. O capitão ainda ressaltou a preocupação com os pedestres comuns. “É uma área central e nós temos que nos preocupar com as pessoas que estão circulando por ali”.

De acordo com a Polícia Militar, apenas uma argentina foi presa durante a manifestação, mas foi solta logo em seguida, já que a Secretaria de Direitos Humanos alegou que ela era uma colaboradora do órgão. Não houve registro de pessoas feridas.

Compartilhar
Logotipo Hoje em DiaLogotipo Hoje em Dia

Fale conosco: (31) 3253-2207

ASSINEDigitalATENDIMENTO AO ASSINANTEBelo Horizonte 31 3236-8000Interior 31 3236-8000
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por