O cão-bombeiro Barney, que atuou nas buscas da tragédia da Vale, em Brumadinho, morreu no início da noite de sexta-feira (3), após entrar em um rio em Içara, cidade do Sul de Santa Catarina. Ele era lotado no 5º Batalhão de Lages, na região Serrana do estado.

O animal atuava procurando por desaparecidos no local da morte, e não voltou à superfície depois de se jogar na água. Barney recebe homenagens nas redes sociais dos bombeiros militares catarinenses e em um perfil no Instagram que era mantido em seu nome.

Em nota, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado, registrou "profundo pesar" e lamentou a "irreparável perda" para toda a entidade, especialmente o militar que o acompanhava no binômio, soldado Rangel.

Após o resgate do corpo, o fiel amigo deve ser cremado. A corporação está acompanhando o caso e fornecendo apoio psicológico aos envolvidos na operação, já que o cachorro era muito querido por todos os bombeiros.

Veja a homenagem do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais:

Veja aqui o perfil do cão valente no Instagram: 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé! . . Meu coração vai junto contigo, meu amor. "Meu Barney"

Uma publicação compartilhada por Barney - O Cão Bombeiro (@barneyzeera) em