As longas filas que marcam o primeiro dia da vacinação de idosos contra a Covid-19 em Belo Horizonte fizeram com que a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) enviasse neste sábado um ofício à PBH pedido que o município reelabore a logística da campanha de vacinação.
De acordo com o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, a entidade recebeu diversas denúncias de aglomerações e longas filas nos pontos de vacinação dispostos pela PBH para a imunização da população. Segundo a CDL/BH, uma equipe da entidade foi até pontos de vacinação e constatou as longas filas. “Lamentavelmente, constatamos que era realidade em muitos dos pontos de imunização", declara o presidente da CDL/BH.
Para Souza e Silva, as longas filas e aglomerações durante a vacinação dos idosos coloca em risco ainda mais uma parcela da população que precisa ser ainda mais preservada. “A vacinação é a maior esperança para enfrentarmos e vencermos a pandemia. Este momento não pode se tornar um risco à vida, especialmente nesta etapa, onde as pessoas que serão imunizadas pertencem ao grupo de maior risco", finalizou Souza e Silva.