Com muitas ruas fechadas e foliões espalhados pela cidade, os aplicativos de transporte particular por carros têm sido deixados de lado por foliões que curtem o Carnaval de Belo Horizonte. Para correr do preço alto e da demora, a opção tem sido o transporte coletivo.

Neste sábado (22), as corridas dos aplicativos mais usados na cidade, Uber e 99, estavam com preços acima da média, em alguns casos com até quatro vezes o valor em dias comuns.

A auxiliar administrativo Juliana Ribeiro Mendes, de 26 anos, pagou R$ 30 numa corrida do Sagrada Família ao Centro. Em dias normais, segundo ela, é raro a tarifa ser acima de R$ 10.

“Tudo bem que a demanda deve estar alta, mas o que mais me assustou é que o preço não diminuiu com o passar do tempo. Pelo contrário, só aumentou”, afirmou.

No centro, a maioria das pessoas ouvidas pela reportagem preferiu usar o Foliônibus, transporte gratuito oferecido pela patrocinadora do Carnaval, ou ir a pé de um bloco a outro.

“É mais cansativo, porém muito mais rápido e barato. Carnaval não tem como, a gente anda na cidade”, comentou o balconista João Carlos Silva, de 22 anos.

Para ir do Então, Brilha!, que circulou de manhã pela avenida dos Andradas para o Abalachita, que vai sair à tarde na Lagoinha, um grupo de amigos preferiu o metrô.

“Foi a opção para fugir do trânsito e não cansar muito”, disse um dos foliões, Gustavo Weneck, de 32 anos.

No centro, pontos de embarque e desembarque dos aplicativos foram direcionados por Uber e 99 na avenida do Contorno como forma de fazer com que os carros não fiquem presos em blocos.

CBTU

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos orientou o passageiro a comprar os bilhetes do metrô e carregar o cartão BHBUS nas estações dos bairros, para evitar longas filas na central. A estação ficará aberta até 1h, e as demais funcionarão apenas para desembarques.

Já a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) disse que os ônibus gratuitos circulam de 15 em 15 minutos em quatro diferentes itinerários pela região central e a Pampulha. 261 pontos de ônibus mudaram de local, mas as linhas convencionais tiveram reforço especial de horário.