Um homem, de 31 anos, foi preso após manter a mulher e o filho reféns e ameaçá-los de morte usando uma faca. O crime aconteceu na noite dessa sexta-feira (29), no bairro Paquetá, na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

Policiais militares estiveram no imóvel onde a família mora depois de receberem uma denúncia de que disparos de arma estavam sendo feitos nas imediações. Testemunhas informaram que o suspeito ameaçou moradores e que estava descontrolado no momento em que mantinha os parentes em cárcere.

Durante um dos momentos de maior tensão, os vizinhos ouviram três tiros vindos da direção da casa. Eles ainda informaram à PM que o homem faz uso de bebidas alcoólicas e drogas e que tem histórico de sofrer com doenças mentais.

Após monitorarem o suspeito, a polícia começou a negociar a rendição dele. No entanto, sem sucesso. Então, militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) arrombaram o portão do imóvel e renderam o homem, libertando as vítimas.

No momento da prisão, o suspeito reagiu e chegou a cuspir contra três policiais.

A corporação informou que o detido já tem histórico de denúncias de violência doméstica. O suspeito foi preso em flagrante pelos crimes de desacato, posse e disparo de arma de fogo e encaminhado ao sistema prisional.

A arma usada pelo homem foi encontrada dentro da casa, escondida embaixo de um botijão de gás. Segundo a PM, o armamento está cadastrado.

Leia Mais:
Acidente entre carro e ônibus mata uma pessoa na BR-262, na Grande BH

Onça-parda é resgatada ferida às margens da BR-040, em Juiz de Fora