Após ser encontrada com metade do pé esquerdo comido por um cão, a idosa de 69 anos resgatada pelo Corpo de Bombeiros, nessa terça-feira (20), corre o risco de perder o membro. Médicos que prestaram os primeiros atendimentos à mulher admitiram a possibilidade aos bombeiros.

A mulher vivia em situação de abandono junto com vários cães, a maioria deles trancados em um cômodo. Os militares que foram ao local relataram uma situação alarmante de insalubridade, com muito lixo amontoado, sujeira, mau-cheiro e fezes de animais. A suspeita dos agentes é de que a idosa seja acumuladora. Ela foi encontrada em um dos quartos deitada em uma cama de solteiro com o pé mutilado. Segundo o indicado pelos bombeiros e testemunhas, uma cadela se alimentou de parte do pé da tutora.

Além do grave ferimento no pé, as duas pernas da idosa apresentavam diversas outras lesões, que podem ter sido ocasionadas porque a mulher seria diabética. Os bombeiros precisaram conter o sangramento no pé da idosa e colocar curativos nas feridas. 

A Polícia Militar também foi acionada para averiguar a situação de maus-tratos e a situação de abandono em que a mulher se encontrava.

Familiares podem ser presos

Se o abandono da idosa for comprovado, todos os filhos da vítima poderão responder criminalmente e, até mesmo, serem presos. Segundo o advogado criminalista Vítor Lanna, o artigo 98 do Estatuto do Idoso prevê uma pena de detenção de seis meses a 3 anos para o caso de abandono de idosos. Além disso, o abandono de incapaz, crime previsto no Código Penal, traz ainda uma pena de reclusão de 1 a 5 anos caso o abandono resulte em lesão corporal de natureza grave. 

"A Constituição estabelece que os pais devem garantir a subsistência dos filhos, bem como os filhos devem garantir a dos pais na velhice. Não havendo um curador, uma pessoa legalmente responsável se o idoso for incapaz, todos os filhos poderão responder pelo abandono", completou o especialista.

Com José Vítor Camilo

Leia mais:
Idosa em situação de abandono tem metade do pé comido por cão no bairro Calafate