Um homem de 21 anos foi preso após tentar matar a mãe a facadas e jogar um coquetel molotov contra a vítima, em Montes Claros, no Norte de Minas. Após os crimes, que aconteceram na madrugada deste domingo, o suspeito furtou um carro e invadiu uma escola para tentar fugir da polícia.

A mãe do criminoso, que tem 46 anos, foi esfaqueada no pescoço e está internada na Santa Casa de Montes Claros após ser socorrida por familiares. Segundo o hospital, o estado de saúde dela é estável e ela não corre o risco de morrer.

Facada e Coquetel Molotov

De acordo com a Polícia Militar, o jovem estava em casa, localizada no bairro São Judas, junto com a mãe e a namorada quando uma discussão entre o casal começou. Logo após isso, o suspeito trancou a namorada no quarto e atacou a mãe com uma facada no pescoço quando ela tentou libertar a companheira. Na sequência, ainda segundo a PM, o rapaz atirou um coquetel molotov contra a senhora que teve o rosto e couro cabeludo atingidos.

Furto de carro

A PM informou ainda que, antes de fugir, o jovem tentou queimar a casa. Após os crimes, o suspeito saiu do local pulando na casa de vizinhos e saltando em um córrego. Após, o jovem furtou um carro de uma mulher que chegava em casa. Os militares informaram que o rapaz usou o carro para arrombar o portão de um colégio localizado no centro de Montes Claros e, na sequência, abandonou o veículo em uma linha férrea.

Após abandonar o veículo, voltou à escola e foi preso quando tentava cometer suicídio ao pular de um telhado. À PM, familiares disseram que o jovem estudou no colégio e que teria sofrido bullying quando era aluno da unidade de ensino.

 

Suspeita de crime premeditado

O suspeito já tem passagens por lesão corporal, roubo e embriaguez ao volante. A polícia informou que, segundo a família, o jovem tem problemas psicológicos e toma remédios controlados. Em depoimento à Polícia o jovem não conseguiu explicar as motivações dos crimes, mas há a suspeita de que o ato tenha sido premeditado, principalmente pelo fato do suspeito ter preparado o coquetel molotov que foi usado na ação. O rapaz foi encaminhado à Polícia Civil e vai responder pelos crimes de tentativa de homicídio, furto e dano ao patrimônio público.