Outras duas vítimas de uma explosão durante um churrasco em Itapecerica, na Região Centro-Oeste de Minas, foram transferidas para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, neste domingo (21). Com elas, o total de vítimas em tratamento na capital mineira chega a dez. 

 A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), que administra o hospital, informou que todas as mulheres internadas têm quadro estável.

O acidente aconteceu nesse sábado (20) e deixou pelo menos dez mulheres, com idades entre 23 e 36 anos, feridas. De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), elas utilizavam álcool líquido próximo à churrasqueira quando aconteceu a explosão e o fogo atingiu várias pessoas. 

Todas as vítimas foram encontradas conscientes. Uma delas teve 63% do corpo queimado, outras duas tiveram 54%, uma com 45%, três com 36%, uma com 27% e outras duas com 18% e 9% dos corpos queimados.

Ainda segundo o Samu, as mulheres foram inicialmente encaminhadas para um pronto-atendimento da cidade e, de lá, levadas para outras unidades de saúde.

Dois helicópteros do Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros (BOA), um de Varginha e outro de BH, também deram apoio ao atendimento às vítimas, fazendo a transferência de três em estado mais grave para o João XXIII.

Leia mais:

Explosão em churrasco deixa pelo menos 10 mulheres feridas em Itapecerica