Uma mulher de 29 anos foi assassinada, na manhã deste domingo (5), enquanto aguardava na fila de visitantes do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) do bairro Gameleira, região Oeste de Belo Horizonte. 

De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 5h15. Conforme os militares, suspeitos teriam abordado a moça e a perguntado sobre onde era o fim da fila. Eles teriam pedido que ela retirasse o capuz que usava e, em seguida, efetuaram os disparos.

A mulher chegou a ser socorrida e levada ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho da sala de cirurgia.

Ficha criminal

A jovem tinha ficha criminal e um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas. De acordo com a PM, ela visitaria o namorado, que compria pena pelo mesmo motivo.

Os suspeitos fugiram em um Volkswagen Fox prata e ainda não há informações sobre eles.

Nenhuma testemunha no local, de acordo com a Polícia Militar, quis dar detalhes do ocorrido. A suspeita é de que o crime tenha sido motivado por questões relacionadas ao tráfico de drogas.

Investigações

A Polícia Civil informou que a perícia esteve no local e uma equipe de investigadores já trabalha na apuração dos fatos. As investigações sobre os suspeitos e a motivação também já estão em andamento, mas a corporação preferiu não dar mais detalhes para não prejudicar o andamento dos trabalhos.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) de Minas Gerais e com a Secretaria de Administração Prisional (SEAP) e aguarda informações.