Uma mulher de 47 anos foi presa após ser flagrada pegando um empréstimo de R$ 18 mil, usando documentos falsos, em uma agência do banco Bradesco da cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

Segundo a Polícia Militar, funcionários do banco acionaram os militares após desconfiarem dos documentos que a mulher usava. Os policiais foram ao endereço e abordaram a mulher na saída da agência. Ao ser abordada pelos agentes, a mulher tentou fugir pelo calçadão, mas foi alcançada.

Questionada, a suspeita confessou que estava com uma identidade falsa e que tentou sacar dinheiro. A mulher ainda contou que foi convidada por um grupo para participar do esquema, cujo plano era criar uma conta usando os documentos de outra pessoa e sacar dinheiro no banco. Os valores retirados seriam divididos entre ela e os outros três supostos integrantes da quadrilha

Os policiais encontraram com ela os documentos de uma outra pessoa, cartões e R$ 705 em espécie. Além dos saques, a suspeita ainda pegou um empréstimo de R$ R$ 18.372,62.

Os policiais também apreenderam um celular e quatro perucas em um salão de cabeleireiro onde ela havia deixado a bolsa com os verdadeiros pertences.