Subiu para 186 o número de mortos vítimas da tragédia de Brumadinho, em janeiro deste ano. O número veio em nova atualização do Corpo de Bombeiros divulgada nesta quinta-feira (28). Todos os corpos já foram identificados pelo Instituto Médico Legal (IML).

Agora, 122 pessoas permanecem desaparecidas e as operações de busca estão em sua terceira fase. O estágio foi anunciado durante uma audiência pública na manhã de terça-feira (26) pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Edgard Estevo da Silva.

Ele ainda explicou que a fase atual vai representar uma redução no número de bombeiros destacados para as buscas e no aumento do maquinário -  atualmente, são 50 máquinas, como caminhões e retroescavadeiras -, para que o rejeito seja bem revirado e as operações possibilitem a procura por corpos a uma distância de até 1,5 metro embaixo da lama.

Leia mais:
Brumadinho: deputados questionam órgãos fiscalizadores de barragens