Pesquisa feita pelo IBOPE Inteligência a pedido da Cervejaria Ambev aponta que o mineiro sabe da importância da reciclagem mas ainda não fez dela uma rotina. Os dados mostram que, para 98% das pessoas, a reciclagem é importante para o futuro do planeta, por outro lado, 70% das pessoas não separam os materiais recicláveis individualmente nos lixos que geram em casa, e, destes, 44% não separam sequer o lixo orgânico do inorgânico.

Os números revelam um cenário ainda mais curioso. Para 67% dos entrevistados no Estado, o cuidado com o meio ambiente é uma das maiores preocupações atuais. Apesar disso, 68% deles afirmam saber pouco ou nada a respeito de coleta seletiva. Como se não bastasse, 38% não sabem sequer citar quais são as cores das lixeiras para coleta do material.

"Só com um trabalho em conjunto entre todos nós, cidadãos, empresas, cooperativas e governos, para revertemos esse cenário e dar ao lixo o cuidado que ele deve ter", afirma Filipe Barolo, gerente de sustentabilidade da Cervejaria Ambev.

Embalagens

Dos entrevistados, 72% dizem estar atentos na compra de produtos com embalagens que sejam recicláveis, mas apenas 2% das pessoas sabem que embalagens longa vida podem ser recicladas, por exemplo. 

O índice melhora quando se fala em plástico (74%), vidro (62%), papel (52%) e alumínio (49%), mas ainda está distante do ideal. Apenas 38% dos entrevistados afirmam saber que garrafas PET podem ser recicladas e 75% dizem saber pouco ou nada sobre embalagens retornáveis de vidro, por exemplo.

Leia mais:

Quase metade dos mineiros não faz coleta seletiva, aponta pesquisa