Os pilotos Allan Duarte de Jesus Silva, de 29 anos, e Thiago Torres, 30, estão no bloco cirúrgico do Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, após se acidentarem com a queda de uma aeronave na manhã desta segunda-feira (21), no bairro Caiçara, na região Noroeste de Belo Horizonte e deixou pelo menos três mortos. 

Um terceiro homem, que ainda não teve o nome e a idade divulgados, está na sala de Politraumatizados da unidade de saúde, recebendo cuidados médicos. Conforme a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), os três estão com queimaduras de 2° e 3° grau. 

Estado de saúde

Com queimaduras em cerca de 90% do corpo, o quadro médico de Allan Duarte é o mais crítico, segundo a cirurgiã plástica Vivian Lemos. "Ele já está na mesa cirurgia recebendo os cuidados necessários", frisa. O jovem é casado e pilotava o avião de pequeno porte no momento do acidente.

Chamado de Torres pelos amigos, Thiago está com queimaduras em aproximadamente 50% do corpo e também passa por procedimento cirúrgico. De acordo com os acompanhantes, ele também estava dentro do avião. Com o estado estável, a terceira vítima está com 20% do corpo ferido. "Ele já está fora de perigo", ressalta a cirurgiã.

mapa

Clique para ampliar


Leia mais:

Vídeo registra momento de decolagem e queda de avião no Caiçara; assista
Queda de aeronave deixa 5.700 casas sem luz na região Noroeste de BH
Acidente com aeronave no Caiçara é o segundo na mesma rua em 2019