Seis pessoas foram presas e 107 aves vítimas de maus tratos foram libertadas, nesta quinta-feira (16), em Campos Altos, no Alto Paranaíba. Duas ocorrências diferentes, uma na quarta (15) e outra durante a madrugada de quinta, levaram a Polícia Militar a encontrar 91 pássaros silvestres encarcerados e 16 galos usados em rinhas na cidade.

A descoberta do crime aconteceu após uma tentativa de roubo a uma mercearia da cidade, ocorrida na madrugada desta quinta, que levou a PM a prender dois homens suspeitos. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito de tentar roubar a mercearia fugiu, pulou o muro de um imóvel e caiu do telhado quando ele se quebrou, revelando no local uma série de gaiolas onde estavam presos 19 canários da terra e um pássaro preto. 

No estabelecimento também foram encontrados 16 galos e uma espécie de arena, onde as brigas entre as aves seriam praticadas. O Instituto Estadual de Florestas (IEF) foi acionado para libertar os animais e dois suspeitos foram presos pela posse dos pássaros e dos galos, além de um deles responder agora também pela tentativa de roubo à mercearia.

Outra ocorrência terminou com outros quatro presos suspeitos de tráfico de animais silvestres e maus tratos nessa quarta-feira. Uma denúncia levou os policiais militares ao centro de Campos Altos, onde um homem com atitude suspeita foi abordado em um ponto de ônibus e, em sua mochila e em caixas, estavam 71 pássaros silvestres, entre canários da terra e trinca-ferro. Os animais estavam distribuídos entre quatro gaiolas e duas caixas e, segundo os suspeitos, seriam levados para a Bahia.

O IEF também atuou na ocorrência e libertou as aves em áreas de mata no município.