A Polícia Civil apreendeu um caminhão com quase 1 tonelada de maconha na manhã deste domingo (28), no Barreiro, em Belo Horizonte. A droga que estava escondida embaixo de centenas colchões vinha do Paraná e geraria um lucro de pelo menos R$ 1,5 milhão aos criminosos.

O flagrante foi em um galpão da avenida Afonso Vaz de Melo, por volta das 10 horas da manhã. Todos os suspeitos monitorados pelos policiais adentraram o recinto instantes depois da chegada do caminhão. Ao todo, 10 pessoas foram presas, sendo sete homens e três mulheres.

Apreensão maconha caminhão

Caminhão vinha do Paraná e droga estava encoberta por centenas de colchões, segundo investigadores

De acordo com os investigadores, a carga seria revendida em Sete Lagoas, na região Central do Estado, no bairro Lindéia, no Barreiro e no aglomerado Suvaco das Cobras, próximo ao bairro Califórnia, na região Noroeste da capital.

O delegado do Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), João Marcos de Andrade Prata, afirma que essa é uma das maiores apreensões feitas pela corporação em Minas neste ano.

“Era uma investigação sobre uma quadrilha especializada em roubos de cargas que já durava cerca de quatro meses”, explica. “A droga pode ter vindo do Paraguai e a carga de colchões possivelmente é roubada, as investigações ainda irão durar cerca de 30 dias”, destaca.