Policia acredita que quadrilha tinha informante em Varginha para direcionar ataque

Marcelo Jabulas
@mjabulas
01/11/2021 às 08:09.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:10
 (Divulgação/ Polícia Militar)

(Divulgação/ Polícia Militar)

O alvo exato dos criminosos não foi informado pela polícia. As investigações apontam para um plano de ataque a uma agência bancária ou a uma empresa de transporte de valores. Em qualquer caso, porém, uma pessoa infiltrada estaria encarregada de passar ao bando informações sobre o local do roubo. 

“Essas quadrilhas são muito organizadas e geralmente contam com um informante da cidade para oferecer estrutura mínima para elas praticarem o crime. Imaginamos que há uma pessoa envolvida”, diz o tenente-coronel da PM Rodolfo César Morotti Fernandes.


Carreta

Em Muzambinho, a 140 km de Varginha, a polícia apreendeu uma carreta com fundo falso que poderia ser usada na fuga. No suposto esconderijo havia colchonetes e garrafas de água.
 
Reforça a suspeita o fato de que em parte do veículo havia uma carga de calcário. O material poderia servir de camuflagem. Os policiais acreditam que a quadrilha seria transportada no caminhão após abandonar os veículos.

Letalidade

Questionado sobre a letalidade da operação, o tenente-coronel da PM, Rodolfo César Morotti Fernandes, disse que os criminosos foram resgatados com vida, mas morreram durante o socorro. 

“Quando iniciamos a abordagem fomos recebidos a tiros e precisamos reagir. Foi prestado socorro aos bandidos com as viaturas, mas como utilizamos armas de grande poder de fogo, os ferimentos são de grande impacto”.

Leia mais:
Operação da PM e PRF termina com 26 suspeitos de roubo a banco mortos em Varginha
Sobe para 26 o número de mortos na operação policial que desmantelou quadrilha em Varginha

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por