Um homem suspeito de participar de explosões de bancos em Minas Gerais foi preso, neste domingo (30), durante operação conjunta entre as polícias civil de Araxá, no Alto Paranaíba, e de São Paulo. O suspeito era alvo de um mandado de prisão pelo crime e considerado foragido da Justiça. 

Além dele, um outro homem foi preso suspeito de tráfico de drogas. As prisões aconteceram após denúncia anônima que informou que os supostos bandidos estariam indo para o litoral de São Paulo para comemorar o Ano Novo. 

A polícia mineira, que já investigava as ocorrências, entrou em contato com a corporação de São Paulo, que capturou os homens em um condomínio de luxo na cidade de Caraguatatuba, no litoral paulistano. Outros suspeitos que estavam na casa também foram conduzidos pelos policiais.

Para o delegado Conrado Costa da Silva, que comandou as investigações dos crimes em Minas, a operação foi bem-sucedida. "Conseguimos prender um foragido da Justiça e ainda localizamos drogas, veículos e dinheiro, tudo de origem ilícita. Acabamos com a alegria desses criminosos que estavam se divertindo com dinheiro obtido de forma injusto", afirmou.