Uma perseguição policial por Contagem e Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, acabou com o atropelamento de uma mulher de 40 anos. A vítima trabalhava em um posto de combustível e o caso foi registrado nesta quarta-feira (1º) 

A ocorrência começou quando uma viatura da Polícia Militar percebeu um veículo em atitude suspeita. De acordo com a corporação, o carro estava parado em frente a um caminhão, com dois homens dentro e um do lado de fora. Quando o rapaz que estava do lado de fora viu a viatura, entrou rapidamente no carro, que acelerou e seguiu em alta velocidade no sentido contrário ao dos militares.

A viatura, então, foi atrás dos suspeitos e os perseguiu pela BR-040 por bairros dos dois municípios. Em um determinado momento, os suspeitos atiraram contra os policiais, que revidaram. O veículo em fuga entrou em um posto de combustíveis e acabou atropelando uma frentista, que fraturou dois ossos da perna. Ela foi encaminhada à UPA JK e passou por cirurgia.

Dois dos suspeitos fugiram e um homem de 18 anos foi capturado. O jovem afirmou que o trio estava se preparando para roubar o caminhão quando avistou a viatura. O carro em que eles estavam havia sido roubado no último mês e estava com uma placa clonada.