Um vazamento de gás cloro evacuou a estação de tratamento de água da cidade de Sete Lagoas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, no fim da manhã desta sexta-feira (20). 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, um cilindro que continha 700 quilos de gás cloro apresentou defeito e começou a vazar. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), empresa responsável pela estação, afirmou que, até o momento, só tinha a informação de que as equipes locais trabalhavam na ocorrência.

A estação foi totalmente evacuada e até mesmo as equipes especializadas dos bombeiros e da empresa trabalham a uma distância de três quilômetros do local enquanto planejam as ações necessárias para conter o gás. Não há relato de vítimas. 

O gás, que já foi usado como arma química em guerra e ataques terroristas, causa asfixia e sérias lesões às vias respiratórias, podendo levar à morte em poucos instantes.