Nesta terça-feira (20/7), a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) promove um bate-papo com especialistas sobre os principais acidentes domésticos envolvendo crianças. A live será transmitida pelo instagram da fundação, a partir das 19h. Participam da conversa a gerente do Pronto Atendimento Adulto e Pediátrico do Complexo Hospitalar de Urgência da Fhemig, Daniela Fóscolo, e o gerente assistencial Adulto do Complexo Hospitalar de Urgência da Fhemig, Rodrigo Muzzi.

Neste momento de pandemia, principalmente nas férias escolares e durante os dias mais frios, em que as crianças permanecem por mais tempo em casa, os acidentes domésticos se tornam ainda mais frequentes. O João XXIII, da Rede Fhemig, é referência na assistência hospitalar a traumas, queimaduras e intoxicações, e, por isso, recebe diariamente casos de acidentes com os pequenos. 
 

criança

Os atendimentos mais recorrentes na unidade, na faixa etária de 0 a 11 anos, são por acidentes com corpo estranho  termo usado quando há a ingestão de pequenos objetos ou a sua introdução nos ouvidos e no nariz

Os atendimentos mais recorrentes na unidade, na faixa etária até 11 anos, são por acidentes com corpo estranho - termo usado quando há a ingestão de pequenos objetos ou a sua introdução nos ouvidos e no nariz.

Somente no ano passado, o hospital atendeu mais de 2 mil crianças em ocorrências envolvendo corpos estranhos. Neste ano, até junho, já foram 956 atendimentos desse tipo. As quedas também são muito frequentes entre os pequenos - as principais são as da própria altura (tombo, tropeços), além de queda de cama, sofá, escada e bicicleta. 

Serviço

Live “Acidentes domésticos com crianças: como evitar?”

Data: 20/7/2021 (terça-feira)

Horário: 19h 

Transmissão: clique aqui

(*) Com informações da Agência Minas

Leia mais:
Mais 102 mil doses da AstraZeneca desembarcam em Minas; unidades fazem parte do 31º lote
Mais de 3 milhões de pessoas receberam duas doses da vacina contra a Covid-19 em Minas