Um médico e um enfermeiro passarão a integrar as equipes das viaturas do Corpo de Bombeiros durante o feriado da Semana Santa em Belo Horizonte. A ação conjunta dos profissionais, que será testada entre sexta-feira (14) e domingo (16), tem objetivo de tornar mais rápidos os atendimentos de salvamento e de saúde. 

O projeto é uma parceria entre o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento de Urgência Móvel (Samu) e o atendimento integrado ocorrerá das 8h às 20h. Atualmente, quando um acidente ocorre, os dois recursos são acionados separadamente e se dirigem, em viaturas distintas, até o local. 

Conforme os bombeiros, estudos mostram que 84% das vítimas de trauma falecem na primeira hora após o acidente. A iniciativa visa, portanto, agilizar o atendimento e garantir a manutenção da vida das pessoas através de ação integrada. 

Para que o serviço possa ocorrer no fim de semana, tanto a equipe dos bombeiros militares quanto os profissionais de saúde foram treinados para situações incomuns. Os bombeiros aprenderam a realizar protocolos de triagem em acidentes com mais de uma vítima e também foram treinados em proteção biológica. 

Médicos e enfermeiros fizeram treinamento de técnicas de salvamento de vítimas presas entre ferragens, e também aprenderam como agir em acidentes com caminhões de produtos químicos. Busca com cães, busca em escombros, incêndios florestais, sistema de coordenação de emergências e técnicas de trabalho em alturas também foram ensinadas pelos bombeiros.

Segundo o Corpo de Bombeiros, após o projeto piloto, que funcionará somente neste final de semana, a corporação irá avaliar a implementação definitiva do serviço na capital mineira.