A Prefeitura de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, anunciou que o comércio não essencial vai voltar a funcionar de forma escalonada na cidade a partir desta sexta-feira (14).

De acordo com o decreto publicado pelo prefeito Vittorio Medioli nesta quinta, os estabelecimentos comerciais não essenciais do município devem funcionar de segunda a sábado, em regime de revezamento, com horário reduzido, das 10h às 16h, e limitação de ingresso de pessoas. A medida tem validade até o dia 29 de agosto.

A deliberação também determina que os estabelecimentos obedeçam as normas de biossegurança determinadas desde o início das ações de controle da pandemia no município.

O decreto permite o funcionamento de academias, salões de beleza, feiras, camelódromos e shoppings. As atividades essenciais poderão funcionar todos os dias da semana em horário normal. 

Segundo o prefeito Vittorio Medioli, a alternância é necessária para evitar a aglomeração de pessoas nas ruas, nos estabelecimentos e no transporte público municipal.

"Para que os comércios possam funcionar e os trabalhadores voltem a ter renda, a comunidade precisa colaborar no combate ao vírus", destacou Medioli em nota publicada no site da prefeitura.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Betim registra 3.373 casos de coronavírus, com 119 óbitos.