Minas confirmou, nas últimas 24 horas, 227 óbitos por Covid-19. O dado é o segundo maior já registrado, nesse intervalo, desde o início da pandemia. O recorde é de 243 vidas perdidas, em 10 de fevereiro. Ao todo, segundo o levantamento da Secretaria de Estado de Saúde desta quarta-feira (3), 18.872 mineiros morreram por complicações da doença.

Os dados também mostram os casos do novo coronavírus. Desde março do ano passado, 893.645 pessoas se infectaram. Em um único dia, foram 6.565 notificações. Os recuperados da enfermidade somam 814.932. O boletim aponta ainda que 59.841 pacientes estão em observação, internados ou em isolamento social.

Imunização

Até a manhã de hoje, 635.176 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em Minas. Deste total, 274.501 tomaram a segunda dose. Os dados são do Vacinômetro, painel da SES-MG que monitora a campanha.

Do público-alvo, foram vacinados 474.093 profissionais da linha de frente no combate à Covid, 28.117 idosos que estão em asilos, 3.325 deficientes que vivem residências inclusivas e 6.549 índios de aldeias. Com relação à segunda dose, 232.055 foram aplicadas em trabalhadores da saúde, 19.460 em idosos, 2.131 em deficientes e 4.860 em indígenas.

O levantamento desta terça também informou que, até o momento, 78.88279.824 idosos com 90 anos ou mais já receberam a primeira dose do imunizante. Deste grupo, 13.547 tomaram a segunda. Das pessoas de 80 a 89 anos, 43.268 receberam a primeira dose e 2.448, a segunda.

Leia mais:
BH vive o pior cenário da pandemia e comitê de infectologistas não descarta recuo na flexibilização
Ministério da Saúde inicia distribuição de nova remessa de 2,5 milhões doses da CoronaVac
Com pandemia, PIB de 2020 fecha com queda de 4,1%; serviços recuam 4,5% e a indústria, 3,5%