Cerca de 700 profissionais do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) haviam sido escalados para a Operação Alerta Vermelho, que aconteceria a partir da manhã desta sexta-feira (2), visando fazer vistorias em agências bancárias e casas lotéricas em Minas Gerais. No entanto, ela foi cancelada.

Na noite desta quinta-feira (1), a assessoria do CBMMG informou que, em função dos incêndios florestais que estão ocorrendo na Região Metropolitana de Belo Horizonte, os militares serão remanejados para mitigar esses problemas.

Anteriormente, o Hoje em Dia havia publicado uma matéria sobre os procedimentos a serem tomados na Operação Alerta Vermelho. A ação, cancelada, iria “certificar o cumprimento das exigências das medidas de segurança contra incêndio e pânico, de modo a garantir a proteção das pessoas e a prevenção de incêndios, além de verificar a regularidade do credenciamento de possíveis brigadas profissionais e/ou dos brigadistas existentes na edificação”.