Minas Gerais deve receber cerca de 300 mil das 3 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 Janssen, desenvolvida pela Johnson & Johnson, anunciadas pelo Ministério da Saúde. O imunizante requer apenas uma dose para imunizar uma pessoa. O Estado informou que distribuirá a remessa para todos os 853 municípios mineiros, contrariando a recomendação do órgão federal.

O que ocorre é que o composto químico está com prazo de validade próximo de expirar, em 27 de junho. Por isso, o Ministério da Saúde orientou os estados a disponibilizarem o imunizante apenas para as capitais, como forma de garantir que a aplicação seja feita a tempo.

Apesar disso, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) declarou que está desenvolvendo uma logística de distribuição para enviar as doses a todos os municípios. Para recebê-las, eles terão que assinar um termo de responsabilidade de aplicação ágil.

 

Por telefone, o Ministério da Saúde informou que as vacinas Janssen ainda não foram enviadas pelo fabricante ao Brasil, e que não tem previsão da chegada do composto químico ao país. Consequentemente, não há definição de quando o imunizante será distribuído aos estados.

Sobre a validade próxima a vencer, a pasta declarou que se posicionará quando da chegada da vacina.

Leia mais:
Taxa de juros teve elevação em maio para pessoas físicas e jurídicas
Dupla Pastana-Mozart emerge como uma espécie de 'última cartada' de Sérgio Santos Rodrigues
Volta às aulas presenciais da rede estadual de Minas é liberada a partir do dia 21