A maior parte do comércio de Santa Luzia, na região Metropolitana de Belo Horizonte, estará autorizada a funcionar a partir desta quarta-feira (26).

Um decreto assinado pelo prefeito Christiano Xavier (PSD) na última sexta determinou que as atividades consideradas não essenciais na cidade vão poder funcionar entre a quarta-feira e sábado, simultaneamente. 

A publicação anterior previa um rodízio na abertura desses estabelecimentos. (Confira a escala de funcionamento abaixo)

O destaque fica por conta da reabertura dos bares e restaurantes na cidade, que poderão funcionar diariamente, ate às 23h, sem a permissão de venda de bebidas alcoólicas.

Os clientes vão poder permanecer no máximo 1h no local, com a obrigatoriedade do uso da máscara, exceto no momento da alimentação.

Para evitar aglomerações, os estabelecimentos devem abrir com no máximo 1/3 da capacidade.

Outras medidas como a freqüente higienização de todos os ambientes e o distanciamento entre as mesas também foram reforçadas no decreto.

Feiras culturais, camelódromos, boates, teatros, casas de dança e demais eventos públicos seguem suspensos no município.

Na publicação, o prefeito cita a "a necessidade de ponderação entre a manutenção da ordem econômica" para justificar o aumento da flexibilização do comércio em Santa Luzia.

Covid-19 em Santa Luzia

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Santa Luzia nesta terça, a cidade registra 1.508 casos confirmados de coronavírus e 62 óbitos pela doença.

Ainda segundo o boletim, nas últimas 24h Santa Luzia teve 14 casos de Covid-19 notificados e nenhuma morte.

Escala funcionamento comércio Santa Luzia