A comissão externa da Câmara dos Deputados criada para acompanhar os desdobramentos do rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho (MG) visitará a cidade mineira na sexta-feira (8). O colegiado, composto por 15 parlamentares, vai inspecionar o local do rompimento da Barragem 1 da Mina do Córrego do Feijão.

“Nós estaremos lá junto com o comitê de crise, bombeiros, Polícia Civil, Ministério Público estadual e federal e os parlamentares de Minas. Lá, contatamos a prefeitura, a Câmara Municipal e as pessoas que foram atingidas. Será uma visita in loco para abrir as portas da comissão para receber propostas, por exemplo, que o Ministério Público tem em relação à legislação”, disse o coordenador da comissão, deputado Zé Silva (SD-MG).

O parlamentar apresentou nesta quarta-feira (6) uma proposta de plano de trabalho do colegiado. Os deputados voltam a se reunir na próxima terça-feira (12) para aprovar o documento.

“Nosso objetivo é rever a legislação existente no Brasil e as que estão em tramitação e propor um novo arcabouço legal para evitar que tragédias como essa voltem a acontecer”, disse o deputado, em alusão à legislação referente às barragens e à prevenção de desastres.

O número de mortos após o rompimento da barragem subiu para 150, conforme balanço divulgado hoje pela Defesa Civil do estado. Desse total, 134 vítimas foram identificadas e 16 permanecem sem identificação até o momento.

Ainda de acordo com a atualização, 182 pessoas continuam desaparecidas, sendo 55 funcionários da Vale e 127 terceirizados e membros da comunidade. A tragédia deixou, ao todo, 103 desabrigados. Três pessoas permanecem hospitalizadas.

Leia mais:
Em audiência, Justiça mineira propõe à Vale um Termo de Ajuste de Conduta Preliminar
Boas ideias para o Carnaval de BH podem ser premiadas com R$ 10 mil; veja como participar
Tenente do Corpo de Bombeiros desmente paralisação de buscas
Polícia Civil centraliza coleta de DNA de parentes das vítimas da tragédia em Brumadinho

Rodovia em Brumadinho deve ser liberada em três semanas; Vale levará crianças para escola