Belo Horizonte ficará mais uma virada de ano sem festa pública. Na última terça-feira (23) o Comitê de Enfrentamento à Covid da capital publicou uma nota técnica desaconselhando a prefeitura da capital a patrocinar e desencorajar a população a participar de eventos que possam implicar em grandes aglomerações.

Segundo a equipe de médicos, composta pelos infectologistas Estevão Urbano, Carlos Starling e Unaí Tupinambás, entre uma série de motivos estão que a imunidade garantida pela vacina contra o novo Coronavírus não é esterilizante, ou seja, as infecções podem continuar acontecendo.

Os especialistas também ponderam sobre a exigência de passaporte vacinal ou apresentação de testes negativos. Para eles, essa ação é impraticável em eventos públicos.

Conforme o protocolo da PBH vigente é permitido a realização de comemorações em espaços licenciados, desde que todas as pessoas apresentem teste negativo ou comprovantes de vacinação completa. 

Confira a Nota Técnica completa neste link.

 

Leia também
Ômicron ainda é pouco conhecida, mas revela importância de combate global à Covid, diz especialista
Covid-19: Brasil tem 22 milhões de casos e 614,3 mil mortes