Uma cartilha do Ministério da Saúde recomenda que pais expliquem às crianças o que está ocorrendo com a pandemia, a seriedade da situação e o que é o coronavírus. O diálogo é importante para lidar com sentimentos como insegurança e medo, decorrentes das mudanças que surgem neste novo momento.

Nesse papel educativo, acrescenta o documento, os pais devem apresentar aos filhos as medidas necessárias para proteção deles e de quem está próximo, como familiares, especialmente os que integram os chamados grupos de risco. O documento tem linguagem adaptada para crianças e adolescentes e pode servir como material informativo aos pais.

Separamos alguns trechos da cartilha para você. Conheça as sugestões de abordagem do assunto com crianças e adolescentes:

1. O que é esse tal de coronavírus?

É um tipo de vírus, um micro-organismo tão pequenininho que é quase invisível e a gente só consegue enxergá-lo com lentes de um microscópio. O coronavírus gosta de viver no corpo humano e pode passar de uma pessoa para outra. Isso quer dizer que ele é contagioso.

2. E a Covid-19?

O coronavírus causa uma doença que se chama Covid-19. A gente fica com tosse e febre e, às vezes, com dificuldade de respirar quando está doente. No começo, parece até uma gripe comum. Mas ainda é um grande mistério até para os melhores médicos e cientistas. Ainda não existe nem vacina nem remédio para curá-la.

3. Como saber se alguém que eu conheço está doente?

Quem está infectado pode até não sentir nadinha… Mas, se ficar doente, pode ficar com febre e tosse ou dificuldade de respirar e, às vezes, dor no corpo, dor de garganta e nariz entupido. Se você ou alguém que você conhece estiver se sentindo assim, é importante falar com um adulto.

4. Como alguém pega o coronavírus?

Esse vírus, por ser tão pequenininho, pode ser transmitido pelo ar, por meio da tosse ou espirro, sem a gente perceber. Se a gente abraçar, der as mãos ou beijar uma pessoa que esteja com o vírus, pode se infectar também. Ele ainda pode ser transmitido se a gente encostar as mãos em algum objeto que esteja contaminado, como telefone, corrimão de escadas, maçaneta de porta e botão de elevador, e depois colocar as mãos nos olhos, na boca ou no nariz.

5. Como é que a gente pode se proteger do coronavírus?

Lave as mãos com água e sabão sempre. Tem que esfregar entre os dedinhos, lavar na parte de cima, na parte de baixo, as unhas e os pulsos. Uma dica é contar até 20 em voz alta ou cante duas vezes a música “Parabéns a você” na hora em que estiver lavando as mãos.

6. Como é que a gente pode se proteger do coronavírus?

Mãos sujas na boca, no olho ou no nariz? Nem pensar! Não deixe que esse vírus entre no seu corpinho de jeito nenhum, tá? O álcool em gel também é muito bom para deixar as nossas mãos sempre limpinhas. Peça a ajuda de um adulto antes de usar. Se tossir ou espirrar, não use as mãos para cobrir a boca. Utilize seu antebraço ou um lenço de papel. Depois, lave bem as mãos. Não divida copos, pratos e talheres com mais ninguém. Cada um com o seu: essa é a regra!

7. E se eu sair correndo bem rápido, para fugir do coronavírus? Funciona?

O melhor a fazer neste momento é ficar em casa. Invente brincadeiras, desenhe bastante, faça receitas deliciosas, leia historinhas, pule e dance muito. Existem mil maneiras de se divertir.

Fonte: Cartilha Coronavírus do Ministério da Saúde, disponível neste link.

(*) Com Agência Brasil