As baixas temperaturas registradas em Minas nos últimos dias e a aproximação do inverno podem potencializar a propagação da Covid-19. Apesar de não existir um estudo conclusivo de como o vírus se manifesta no ambiente frio, médicos alertam para o comportamento das pessoas nesta época do ano. O recado também vale para outras doenças respiratórias, como a gripe.

"No inverno, as pessoas se fecham em alguns locais, como ônibus e metrôs com os vidros abaixados. Em casa, também ficam com portas e janelas fechadas. Isso tudo favorece com que uma pessoa que tem algum vírus respiratório o dissemine no ambiente”, afirma o infectologista Sidnei Rodrigues.

O alerta é espefíco para a postura das pessoas. O médico deixa claro que o tempo frio não é um fator preponderante para que a enfermidade se espalhe. Isso pode ser observado em localidades que apresentam altas temperaturas, como o Amazonas, que já registrou mais de mil mortes e cerca de 15 mil casos confirmados de Covid.

“A temperatura alta não impede a disseminação do vírus. O exemplo mais óbvio é o que está acontecendo no Norte e Nordeste do Brasil. Em Manaus (Amazonas), no Pará e em São Luis (Maranhão)”, acrescenta.

Prevenção

O infectologista reforça que o mais importante durante a pandemia é adotar medidas preventivas, como o isolamento social e a utilização de equipamentos de proteção. “Evitar ficar a menos de um metro e meio de outra pessoa, evitar sair de casa. Se estiver doente, não ir para o trabalho, manter a higienização das mãos”, ressaltou.

O infectologista ainda reforça a necessidade de se manter o ambiente o mais arejado possível para evitar o acúmulo de vírus e bactérias.