A Prefeitura de Contagem definiu nesta terça-feira (8) que bares e restaurantes da cidade devem encerrar as atividades às 23h. Além disso, a música ao vivo foi proibida. Estabelecimentos como parques, clubes, cinemas e museus, que haviam sido liberados por decreto a partir de 31 de outubro, voltaram a ser suspensos. 

O Decreto 1.929, com as novas regras de enfrentamento ao coronavírus, foi publicado no Diário Oficial do Município. O recuo na flexibilização é uma reação ao avanço da Covid-19.  De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, a cidade tem 11.458 casos confirmados e 460 mortes em decorrência da doença. 

Pelo Decreto 1.929, ficam suspensos, em Contagem, o funcionamento de:

Casas de shows e espetáculos de qualquer natureza;
Casas de festas, eventos e buffets infantis e adultos;
Boates, danceterias e salões de dança;
Clubes sociais, esportivos, náuticos e de recreação;
Parques de diversão, lazer, recreação, circos e parques temáticos;
Cinemas e teatros;
Museus, centros culturais, casa de cultura e bibliotecas públicas e privadas;
Exposições, congressos e seminário;
Velórios públicos e privados;
Eventos de qualquer natureza em propriedades e logradouros públicos;
Eventos públicos de qualquer natureza que tenham mais de dez pessoas;
Eventos particulares de qualquer natureza que tenham mais de dez pessoas, inclusive em residências e condomínios habitacionais;
Atividades coletivas esportivas e de promoção a saúde em ambientes públicos e privados.

Todas as atividades comerciais e estabelecimentos autorizados a funcionar deverão intensificar o controle:

Do uso obrigatório de máscaras;
Da quantidade permitida de entrada e permanência de pessoas;
Do cumprimento do distanciamento social;
Da correta higienização das mãos e dos estabelecimentos.

O funcionamento das atividades comerciais permanece sob a fiscalização das autoridades municipais e os proprietários sujeitos às penalidades previstas.

Confira aqui o balanço da Covid no Estado.