Em função do agravamento da pandemia da Covid-19 e com o crescente número de mortes, os necrotérios municipais de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, estão sobrecarregados. Por isso, a prefeitura da cidade está utilizando estrutura da antiga Unidade de Pronto Atendimento (UPA) JK, para armazenar os corpos das vítimas do novo coronavírus. A medida tem caráter provisório e foi tomada como forma emergencial.

De acordo com a administração municipal, o número de óbitos ocorridos nos últimos dias fez com que o prazo para liberação das certidões pelos cartórios aumentasse no município, levando a uma espera maior por parte das famílias pelos sepultamentos.  

Diante da situação, a prefeitura criou um Plano de Contingência e contratou uma empresa especializada para fazer a remoção e acondicionamento dos corpos, evitando que eles fiquem aguardando por tempo indeterminado nas unidades de atendimento da rede pública de saúde.

Para isso, o transporte dos corpos é realizado por veículos apropriados e com segurança sanitária. Segundo a prefeitura, “essa ação é segura e não representa nenhum risco de contaminação, nem para a população e nem ambiental. O local é apenas de acondicionamento e está funcionando de forma emergencial e provisória na antiga UPA do bairro JK”, disse por meio de nota.

O Executivo também informou prepara um local definitivo, em melhores condições, para instalar este serviço e que as famílias são acompanhadas por equipe médica e uma assistente social.

“Os cemitérios da cidade têm passado por reestruturação, para que possam promover os sepultamentos com a dignidade e o respeito que vítimas e familiares merecem. Estão sendo contratados pedreiros, empresa de manutenção e demais serviços para evitar o estrangulamento do sistema funerário da cidade. A Prefeitura segue monitorando a situação e estará pronta para determinar novas medidas caso elas sejam necessárias”, concluiu.

Leia mais:
Corpos de idosos vítimas da Covid são trocados por funerária e família enterra pessoa errada em BH
Covid-19: ex-prefeito de Janaúba e filho morrem no mesmo dia no Norte de Minas
Minas registra 320 óbitos por Covid em 24 horas e mortes pela doença passam de 25,5 mil