A Covid-19 já matou 125 crianças e adolescentes no território mineiro, desde o início da pandemia, em março de 2020. A última morte, de um paciente com idade entre 1 e 9 anos, foi registrada nesta segunda-feira (2), conforme boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Até a manhã de hoje, foram confirmados 34 óbitos dessa faixa etária. A doença também matou 36 bebês menores de 1 ano e 55 jovens de 10 a 19.

Os óbitos fazem parte do grupo de 50,6 mil vítimas da doença em Minas. Nas últimas 24 horas, foram confirmadas 17 mortes. O balanço da SES também atualizou o número de casos do coronavírus no Estado. Em um dia, foram 2.261 notificações. No total, mais de 1,9 milhão de mineiros foram infectados.

Deste total, mais de 1,8 milhão de pessoas estão recuperadas, enquanto outras 57.557 seguem em observação, internadas ou em isolamento social.

Imunização

Desde janeiro deste ano, quando foi iniciada a campanha de vacinação, mais de 9,9 milhões de mineiros receberam a primeira dose contra a Covid-19. Deste grupo, mais de 3,6 milhões foram contemplados com o reforço.

Outros 420 mil receberam dose única da Janssen. Para todo o Estado, o Ministério da Saúde disponibilizou quase 17,5 milhões de vacinas, sendo​ mais de 16,2 milhões distribuídas aos municípios.

Leia mais:
Aval para testar vacina da UFMG em humanos deve sair essa semana
Escolas de BH iniciam segundo semestre com mais aulas presenciais a partir desta segunda
Trabalhadores nascidos em janeiro podem sacar auxílio emergencial