Cerca de 11 famílias residentes em um condomínio do bairro Industrial, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, foram orientadas a abandonar seus apartamentos neste sexta-feira (12), devido a irregularidades e riscos de desabamento do prédio.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o prédio, de 40 apartamentos, localizado na região Norte de Juiz de Fora, não possui o Auto de Vistoria do Corpo dos Bombeiros (AVCB), além de não dispor de uma série de outras exigências de segurança, como extintor de incêndio, guarda-corpo, corrimão nas escadas, iluminação e sinalização de emergência.

Após um incêndio ocorrido em 2 de janeiro deste ano, o edifício residencial teve a parte elétrica danificada. De acordo com a Defesa Civil, o imóvel possuiu vários problemas estruturais que podem oferecer riscos de desabamento.

Ainda em janeiro, o proprietário do prédio foi notificado pelo Corpo de Bombeiros sobre as irregularidades, com prazo de 60 dias para sanar os problemas, mas não cumpriu as orientações e foi multado. Segundo a Defesa Civil, parte das famílias se recusou a deixar o edifício por não ter para onde ir.

O Corpo de Bombeiros encaminhou um relatório técnico do caso ao Ministério Público do Meio Ambiente, do Consumidor e Direitos Humanos.