O corpo do professor universitário Rafael Oliveira Severo, 37 anos, foi exumado, nesta sexta-feira (9) a pedido do delegado responsável pelo caso, Alex Machado, da Delegacia Especializada em Homicídios de Contagem, na Região Mmetropolitana de Belo Horizonte. Ele estava enterrado no Cemitério da Paz, no bairro Caiçara, região Noroeste da capital.

O inquérito está em andamento e a polícia trabalha com a suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte). Rafael teria sido enforcado em seu apartamento entre a noite de sexta-feira (2) e a madrugada de sábado (3). A polícia tem um suspeito e já divulgou imagens dele.

O crime

O corpo de Rafael foi encontrado em seu apartamento, no bairro Arvoredo 2, em Contagem, com marcas de estrangulamento. A vítima ainda estava amodaçado e tinha os pés e mãos amarrados, mas não havia sinais de arrombamento ou luta corporal.

A polícia civil publicou na quinta (8) imagens do circuito do prédio que mostram um homem jovem, moreno claro, de boné, moletom e tênis. O suspeito já está sendo procurado. Qualquer informação pode ser fornecida pelo Disque Denúncia (181). A ligação é mantida em sigilo.