A Polícia Civil informou neste sábado (13) que o corpo incompleto localizado pelo Corpo de Bombeiros em Brumadinho na última quinta-feira (11) é de uma vítima identificada em fevereiro, durante as buscas após a tragédia da Mina Córrego do Feijão, da Vale.

Segundo a Polícia Civil, a família realizou o sepultamento naquela ocasião. Por respeito aos familiares e levando em consideração que o número de desaparecidos permanece em 22 pessoas, o nome da vítima identificada não será divulgado.

Até o momento, foram constatados 248 mortos pela tragédia, segundo o Corpo de Bombeiros.