A Prefeitura de Belo Horizonte informou que os profissionais de saúde vacinadores vão passar por treinamento nesta quinta-feira (14) sobre como preencher os dados obrigatórios no sistema do Ministério da Saúde, assim que a imunização contra a Covid-19 começar na capital.

As informações de cada pessoa vacinada constarão no cadastramento obrigatório no sistema de informação específico do Plano Nacional de Imunização, conforme determinação do Ministério da Saúde. 

Trabalhadores de hospitais públicos e privados vão receber as instruções de forma remota, em parceria com a Superintendência Regional de Saúde

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o município está preparado para seguir o Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19, do Ministério da Saúde, e de atender a população o mais rápido possível com a vacinação. "A estimativa é que a imunização na capital siga o cronograma nacional". Além disso, conforme a pasta, a capital já conta com um plano de vacinação pronto que pretende usar toda a estrutura já existente na Rede SUS-BH, além de parcerias com outras instituições públicas e filantrópicas e com os insumos para uso em campanha, caso seja necessário.

A PBH já firmou acordo com o governo de São Paulo, para aquisição de vacinas produzidas pelo Instituto Butantan, do laboratório Sinovac/Biotec, caso as mesmas não sejam adquiridas pelo Programa Nacional de Imunizações. O acordo prevê, em princípio, doses de vacina para a imunização de todos os profissionais de saúde que atuam na capital, nas redes pública e privada.

Mas a imunização só ocorrerá após a aprovação da vacina pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).