Uma criança de apenas um ano sofreu queimaduras de 1º e 2º graus em 30% do corpo após um acidente doméstico. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima se aproximou do fogão e puxou uma panela com água quente.

O liquido caiu sobre o abdome, tórax, costas e perna direita da criança. Ela foi socorrida consciente e está internada no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte.

O caso aconteceu na quarta-feira (21) em Varginha, no Sul de Minas. A mãe contou que não viu quando a criança foi em direção a cozinha. No cômodo, uma panela estava com água quente. A vítima mexeu no utensílio, que virou.

A criança foi levada para o Pronto-Atendimento da cidade, mas, devido a gravidade dos ferimentos, transferida de helicóptero para o HPS, que é referência no Estado no tratamento de queimados.

Alerta

O Corpo de Bombeiros ressalta que este tipo de acidente é comum com crianças de até 5 anos. Por isso, os pais devem redobrar a atenção com os filhos até esta idade.

A recomendação da corporação é que panelas quentes e objetos cortantes sejam colocados em locais de difícil acesso dos menores. Além disso, aconselha que, no fogão, os cabos dos utensílios sejam virados para dentro, para dificultar o alcance dos pequenos. Apesar de serem espaços de todas residências, as cozinhas oferecem riscos às pessoas, principalmente crianças.