Uma criança de 8 anos atirou acidentalmente na própria mãe, com uma espingarda, neste sábado (19), em São Gotardo, no Alto Paranaíba. A mulher, de 33 anos, chegou a ser socorrida ao hospital da cidade, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

De acordo com a Polícia Militar, a família estava em um sítio onde o irmão da vítima trabalha. A criança encontrou a arma debaixo do colchão de um dos quartos e correu para mostrar para a mãe, quando houve o tiro acidental, que acertou o rosto da vítima.

O irmão da mulher e o dono da propriedade rural foram levados à delegacia de Patos de Minas, enquanto a criança ficou sob responsabilidade da família. 

 A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou que o irmão da vítima foi preso pelos crimes de omissão de cautela (Art. 13 do Estatuto do Desarmamento) e homicídio culposo. O segundo conduzido, dono da propriedade, foi preso em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo/ acessório/ munição de uso permitido. Para esse foi arbitrado uma fiança no valor de R$ 1.000 e após o pagamento ele foi liberado.

Foi apreendida uma espingarda calibre 20, além de seis unidades de cartuchos de calibre 20 intactos e outros seis vazios. A pericia esteve no local e levantamentos de dados foram realizados para elucidação e apuração de todos os fatos. O caso deve continuar em investigação pela delegacia responsável da cidade de São Gotardo.

Leia mais:
Corpo encontrado em Brumadinho é identificado; 18 vítimas estão desaparecidas
Jovem de 24 anos morre afogado em Esmeraldas