Está internada no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII uma criança, de 1 ano, que teve partes do corpo queimado durante um procedimento cirúrgico, realizado na manhã da última sexta-feira (10), no Hospital da Baleia, no bairro Saudade, região Leste de Belo Horizonte. A menina ficou ferida após a explosão de um dos equipamentos utilizados durante a cirurgia.

De acordo com informações passadas pela família da criança, e registradas em Boletim de Ocorrência (B.O.) na Polícia Militar (PM), a menina foi internada para a retirada de uma verruga na pálpebra do olho direito. No fim da cirurgia, um aparelho chamado eletrocautério explodiu e a paciente de um ano teve 5% do corpo queimado, com lesões no rosto, ombro e olho direito. A criança foi levada para o Hospital João XXIII, referência em queimados, para receber atendimento adequado.

Em nota, o Hospital da Baleia informou que “uma perícia técnica realizada no dia do fato não constatou falhas no equipamento utilizado, que está com manutenção em dia. As causas ainda estão sob investigação”.
 
O Hospital da Baleia informou também que profissionais da instituição, incluindo a diretoria clínica, médicos, psicólogo e assistente social, estão acompanhando, pessoalmente, a melhora do estado de saúde da paciente, que é estável. “A equipe está solidária prestando o devido acolhimento à família e vem oferecendo, com prioridade, todos os esclarecimentos aos órgãos competentes”, afirma o hospital em nota.

Procurada, a Polícia Civil informou que uma perícia foi realizada no local da explosão e no equipamento que provocou as queimaduras na criança; o laudo pericial deve ser concluído em até 30 dias.

O caso está sob a investigação da Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca) de Belo Horizonte.